,

Pós-venda: Segredos para vendedores de consórcios

Pós-venda: Segredos para vendedores de consórcios

A maior dificuldade de um vendedor de consórcios é a fase de prospecção de um novo cliente até a efetivação da compra. Um período marcado por ligações, e-mails, mensagens e negociações, afim de que o comprador em potencial firme um contrato de consórcio. Porém, engana-se o vendedor que presume que sua tarefa se encerra quando a venda é concretizada. Acima de tudo, ainda, é a satisfação do cliente com o atendimento e serviços prestados. Sem a certeza do júbilo da negociação em todos os setores, o vendedor se torna alheio a própria qualidade de serviço prestado, sem dar a oportunidade do consumidor expor sugestões, feedbacks ou mesmo reclamações, informações importantes para o vendedor e para a própria empresa gestora do consórcio.

Para um bom pós-venda existem alguns segredos, que listamos abaixo, sendo importante ficar atento a alguns tópicos essenciais para ter em mãos um conteúdo com informações que seja útil para o vendedor em próximas negociações de consórcios, e a certeza de que o cliente esteja completamente satisfeito e continue fazendo o pagamento, pois o relacionamento com o cliente é de longa duração, especialmente neste ramo, em que a taxa de desistência de não contemplados chega a 70%.

Entrega do serviço proposto: 

O desejo de qualquer consumidor é receber o produto/serviço que foi contratado em perfeitas condições. Sendo assim, nada mais justo que oferecer o produto final visando a total satisfação do cliente, entregando a ele o que foi adquirido de forma transparente e impecável, para que não haja desapontamento e frustrações. Passar a imagem (e comprovar isso no momento da entrega) de que sua marca e empresa é genuinamente confiável é um dos mais importantes passos para fidelização de um cliente, cujo saberá que não terá que se incomodar com soluções de problemas com essa empresa futuramente.

No ramo de consórcios, como o relacionamento é extenso e muito dinheiro é investido e posto a cargo da administradora é comum que as pessoas tenham receios quanto a solidez da companhia, de forma que sempre relembre e saiba da seriedade da empresa, notícias de consorciados contemplados ajudam a manter e demonstrar que a empresa é séria e que logo aquele seu cliente será contemplado.

Manter contato frequente:

Um cliente esquecido é um cliente perdido. Diante disso, é evidente a necessidade de permanecer se comunicando com o cliente, pois mesmo após a contratação de um consórcio, outras oportunidades podem e irão surgir. O envio de conteúdos relevantes por e-mail, por exemplo, é um artificio inteligente na hora de exteriorizar atenção dedicada ao consumidor. Infográficos, artigos e matérias que estejam no rol de interesse do cliente, podem ser enviados periodicamente via e-mail e redes sociais. Não bombardeá-lo com publicidade desnecessária.

Em razão disso, faz-se necessário conhecer o perfil do consumidor. Conhecer a sua profissão, inclinação esportiva entre outros assuntos, aumenta a possibilidade de melhor relacionamento entre vendedor e cliente. Um exemplo? Cliente “X” tem uma paixão por motos esportivas. É o momento então de estimular esse entusiasmo por meio de tópicos, e quem sabe, oferecer “aquele novo grupo de motos esportivas que abriu recentemente” para ele?

Assumir problemas e entregar solução imediata:

Por mais que o esforço para a entrega de um serviço ou produto impecável seja extraordinário, falhas e contratempos acontecem. Investir em um suporte que entregue resultados rápidos é a chave. Uma das principais reclamações de consumidores que tem problemas com o resultado final, é da morosidade na solução. Nada de “passar a ligação ao setor responsável”, ou até mesmo “vamos verificar a situação”! A pessoa que aguarda um retorno o quer de forma rápida e eficaz, e não está interessada em saber por quantos setores a solicitação vai passar. O cliente negociou com o vendedor, e espera que o vendedor tenha autonomia para isso. Apresente o melhor recurso para a solução, e assuma a falha. Baseie-se na transparência e honestidade.

Exclusividade:

É de extrema importância que o cliente se sinta especial. Para isso, é necessária uma estratégia que ofereça ao consumidor a concepção de prestígio da sua própria imagem pela empresa: entrega de brindes, descontos especiais em uma próxima negociação, condições mais vantajosas para indicações e assim por diante. Um cliente que deixou clara a intenção de adquirir um novo consórcio, pode facilmente ser encorajado quando o vendedor lhe oferece uma nova oportunidade. Entre essas oportunidades, apresentar uma média de lance previsível para ser contemplado na nova compra é uma das mais influentes no momento da decisão. Não permitir que ele se sinta apenas mais um na sua lista de transações, fará com que o consumidor se sinta valorizado por escolher seu serviço ou produto.

Ter um CRM:

CRM é uma sigla que vem do inglês, e significa Gestão de Relacionamento com o Cliente. Esse termo remete a um conjunto de estratégias e práticas ligadas ao cliente adotados por grandes e pequenas empresas, vendedores e marcas para gerenciar a interação com os clientes. Existem muitas ferramentas disponíveis no mercado, mas só uma com o foco direto para a venda de consórcios: o SEU ALFREDO. A plataforma dispõe de recursos importantes para a venda e o pós-venda. Nele o vendedor pode fazer simulações de credito diretamente do smartphone, apresentando as possibilidades de contemplação em uma linguagem fácil para o cliente entender. Ajuda a gerenciar seu tempo, com lembretes e agenda. A monitoração da sua carteira de clientes na palma da mão, online ou offline. A oportunidade de fazer vendas online, com a disponibilização de um site exclusivo. Tudo isso em um só CRM. Ter autonomia e controle das suas vendas e prospecções são facilitadas com SEU ALFREDO.

Benefícios:

O pós-venda reforça a imagem da marca e da qualidade do serviço entregue, assim como o reconhecimento de um bom atendimento. Um cliente que se sente realizado, estará sempre disposto a indicar o vendedor para seu círculo de relacionamentos, ou a quem necessita do mesmo produto. Além disso, é gigantesca a probabilidade dele procura-lo novamente no caso de novas negociações. Portanto, não se limite somente a venda, dedicando-se também em nutrir essa relação firmada com o consumidor, contribuindo com a possibilidade de novas vendas e a realizações de sonhos através dos consórcIos.

Imagem: Designed by rawpixel.com / Freepik

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *